Veja por que “Forever the Moment” é um filme que todo fã de Handebol deve assistir

Independente se você joga Handebol ou não, o filme “Forever the Moment“, disponível na Netflix, é uma ótima dica para o final de semana. Falando resumidamente, ele conta a história da seleção feminina da Coreia do Sul, rumo às Olimpíadas de 2004 em Atenas.

Porém, ele é mais do que um retrato de uma seleção em busca do seu objetivo comum. Ele aborda muito bem os desafios que os atletas enfrentam, como problemas financeiros, relacionamento com os companheiros, a desconfiança depois de perder para um time inferior, medo da derrota, falta de reconhecimento depois de um ouro olímpico, entre outros. Isso tudo sem apelar para clichês, muito menos deixar a história exageradamente dramática.

É inevitável que você acaba simpatizando pela Coreia e torce para que conquistem o ouro. A mensagem que o filme deixa segue o discurso de muitos ex-atletas de acreditar sempre nos seus objetivos. Poderia ser redundante se basear nisso, mas até aí os roteiristas fizeram um bom trabalho e se concentraram nos personagens.

Segundo o Wikipedia, acredita-se que o filme é o primeiro a ter o Handebol como pano de fundo. Não é surpresa que não seja uma obra de Hollywood, dada a pouca popularidade do esporte nos Estados Unidos, e é até justo que seja produzido e focado na Coreia do Sul, o único país não europeu a conquistar uma medalha de ouro olímpica (1988, 1992), e o único asiático a ser campeão mundial (1995).

Veja o trailer de “Forever the Moment”!

E já que estamos no assunto, vamos comparar com a verdadeira final de 2004. Gostou do trabalho da produção?